Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Aeroporto$

Publicado

em

O Governo não sabe o que será dos nove aeroportos que estão na fila para concessão, vença Haddad ou Bolsonaro a eleição. Todos eles são ‘filé mignon’ do setor, e superavitários. O aeroporto de Vitória, na lista, é considerado por funcionários da Infraero um ‘crime de lesa-pátria’ porque acaba de ser construído. Está novinho e será ‘dado’. Partido que controla a Infraero, o PR, de Valdemar da Costa Neto (foto), não deixou o Governo conceder os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ), os mais lucrativos do País. Não se sabe o porquê. Mas dá para imaginar.

Agenda
Está na agenda. O presidente Temer vai chamar o presidente eleito após o dia 10 de novembro para começar a discutir a transição e para falar da Reforma da Previdência.

Grão$
A Conab estima que a safra 2018/19 deve chegar a 238,5 milhões de toneladas, com uma variação entre 2,5 e 4,7% a mais do que a safra passada.

Quem manda
Os ministros do STF soltam bandidos políticos da cadeia e provocam a PF, atropelam o Congresso Nacional – todas as leis polêmicas caem na Corte, que dá a palavra final – e se deram aumento de salário de mais de R$ 6 mil para 2019, desdenhando do esforço do Governo para cortes de gastos. Enquanto isso, o salário mínimo pula de R$ 900 e poucos para pouco mais de R$ 1 mil. Pergunta: Quem manda mesmo hoje no País?

Novos ‘nanicos’
Somando as bancadas de deputados eleitos para 2019, os partidos fundados nos anos 1980 – MDB, PDT, PTB, PT, DEM, PCdoB, PSB e PSDB – deixaram de ter a maioria na Câmara Federal.

Salto
A renovação não foi apenas individual, mas também partidária. Os partidos mais “jovens”, fundados nos anos 1990 em diante – os até mês passado chamados de nanicos – agora chegam a 286 deputados eleitos. Eram apenas 215 na eleição passada.

Coisa de…

Mais de 100 mil pessoas assinaram, até agora, um abaixo-assinado para que o general Hamilton Mourão (foto), candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), compareça aos debates. Por recomendação médica, o deputado que lidera a disputa ao Planalto ainda não pode retomar as atividades de campanha.

…adversário
O abaixo-assinado é organizado pelo militante petista Bruno Peres, de Salvador. Se alcançar 150 mil assinaturas, o documento será entregue ao Ministério Público, ao TSE e às emissoras de TV. “Se um candidato está impossibilitado de ir a um debate, que seja representado pelo seu vice”, alega o petista na apresentação do documento.

Milícia eleitoral
Em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro e segundo maior colégio eleitoral do Estado, a milícia que atua na Favela Maria Paula impôs a lei do Silêncio. É proibido falar em quem vai votar para presidente.

Sinal de alerta
O staff do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) acendeu sinal de alerta com o avanço de fatos e notícias relacionados aos ataques atribuídos a apoiadores do capitão reformado que lidera a corrida ao Planalto. A avaliação é de que os episódios serão explorados ao máximo pelo PT nas propagandas de rádio e TV. Os bolsonaristas mantêm o discurso de que não têm “controle sobre os apoiadores”.

Mistério
Segue o mistério da jovem de 19 anos que teve uma suástica riscada na barriga. Ela alegou que foram três jovens seguidores de Bolsonaro. Mas não conseguiu descrevê-los, não há testemunhas e, apertada pela Polícia por detalhes, retirou a queixa. A moça é militante LGBT e anti-Bolsonaro. O delegado não se deu por satisfeito. Mandou seguir o inquérito para descobrir o que aconteceu. Para o bem da garota.

É tri! É triii!
O rombo previdenciário somado na Dívida Ativa da União já ultrapassa os R$ 2 trilhões. O valor é citado pelo presidente do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional, Achilles Linhares Frias, ao adiantar que o Ministério Público vem ampliando o combate à sonegação e a cobrança dos devedores.

Cerco ao cofre
“Concentramos os esforços nas cobranças das dívidas superiores a R$ 1 milhão e mais ainda nos grandes devedores – aqueles que devem mais de R$ 15 milhões ou R$ 10 milhões. No trimestre recente, aumentamos em 50% a arrecadação em relação ao ano passado”, afirma Linhares Frias

Você pode gostar
Publicidade