Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Família do tráfico é presa durante operação da Polícia Civil do DF

Publicado

em

Tainá Morais
[email protected]

Pai, filho e nora foram presos por tráfico de drogas e organização criminosa, no Itapoã, durante uma operação  da Polícia Civil, deflagrada na manhã desta segunda-feira (22). A ação foi coordenada pela 6° Delegacia de Polícia (Paranoá) e batizada de Arpão.

O líder do grupo era Ures Alves de Andrade, de 44 anos. Ele vendia as drogas num bar que mantinha na região. O filho dele,  Luelson Matheus Diogo Andrade, 22 anos; e a nora Vanessa Sousa do Nascimento, também de 22, foram presos em flagrante por participação no crime.

Os investigadores cumpriram 22 mandados judiciais, sendo 12 de prisão e dez de busca e apreensão. Além da família, outras seis pessoas foram presas e são apontadas como possíveis funcionários de Ures. “Todos eles pegavam as drogas com o líder no bar e revendiam em festas ou até entre eles mesmos. Quando um precisava, pegava com o outro e se organizavam entre si”, explica o delegado Érico Vinícius Mendes.

Fotos: Rayra Paiva Franco/Jornal de Brasília

Cerca de 300 comprimidos de ecstasy foram apreendidos. De acordo com o delegado, a maioria  da droga era transportada de Goiânia para Brasília. “As investigações darão continuidade para sabermos quem está fornecendo essas drogas de fora do DF para os traficantes daqui”, afirma.

As investigações começaram há seis meses, após uma denúncia de que o grupo estava traficando drogas pelas ruas do DF. As prisões foram realizadas em Samambaia e no Itapoã. Além dos comprimidos de ecstasy, foram apreendidos R$ 4 mil em espécie, um pé de maconha, quase 2kg da droga distribuídos em barras e um tubo de LSD .

Quatro carros que eram utilizados para transportar os entorpecentes também foram apreendidos. Todos os envolvidos responderão por tráfico de drogas.

Você pode gostar
Publicidade